ASPOL/PB - Defendendo o Policial Civil !!!


NOVO SITE

MUDAMOS PARA www.aspolpb.com.br

Escrito por ASPOL/PB às 14h36
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




REINVIDICAÇÕES PARA A LOPC

PRINCIPAIS REIVINDICAÇÕES PARA A LEI ORGÂNICA DA POLICIA CIVIL:

a) que seja adotado como requisito de ingresso na carreira o NIVEL SUPERIOR PARA TODOS OS INTEGRANTES DO GRUPO GPC,
b) inamovibilidade para todos os integrantes do Grupo GPC, com a obrigatoriedade da motivação dos atos (teoria dos motivos determinantes)
c) a garantia de pagamento de AJUDA DE CUSTO ANTECIPADA PARA OS POLICIAIS TRANSFERIDOS,
d) o pagamento ANTECIPADO DE DIARIAS DE VIAGENS;
e) a adoção da ESCALA DE SERVIÇO de 24hs de trabalho por 72hs de descanso em TODO O ESTADO PARA OS POLICIAIS PLANTONISTAS e a garantia de remuneração extra para os policiais do expediente que TRABALHAREM MAIS DE 8 HORAS DIARIAS;
f) aposentadoria com proventos integrais;

Estas e muitas outras bandeiras serão carregadas em nossa luta. Contamos com vocês !! A luta é de todos.

Escrito por ASPOL/PB às 06h42
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




DESABAFO DOS COLEGAS

Olá, amigos policiais!
 
Mais uma assembléia da nossa categoria foi realizada na tarde desta quarta-feira. E não fiquei surpresa ao constatar que o número de pessoas presentes vem diminuindo a cada reunião.
 
A comissão descentralizada de greve, expôs o que foi conversado com o secretário nesses dias. na segunda-feira, a proposta não passou dos 7% e na terça, aumentou para 150 reais, referentes à gratificação do risco de vida (uma parte) e a possibilidade de discussão do resto em fevereiro ou março do próximo ano. Nem precisa falar que essa proposta no mínimo descabida do governo foi rechaçada por toda a categoria. Assim, em assembléia, a greve foi decretada novamente.
 
Nada contra a decisão. Eu inclusive sou a favor. Mas o que chateou mesmo foi a maneira com a qual o presidente do Sindicato dos Servidores da Polícia Civil, Antônio Erivaldo, vem conduzindo essas assembléias.
 
Estive presente em todas, e EM TODAS pude observar q a palavra só é facultada no começo, para os chamados "informes". Ora, se as dúvidas e questionamentos começam justamente quando as propostas são expostas pela mesa, porque tal procedimento?
 
Outra questão é a de que muitas das colocações dos colegas são distorcidas, a exemplo do que aconteceu na reunião da semana passada, quando ao invés de dizer que o secretário tinha proposto a  suspensão da greve, Erivaldo disse em alto e bom som que a Comissão tinha levado essa proposta para Eitel. O cúmulo do absurdo!
 
Outro fato super chato: Erivaldo tratou de maldar a atitude da Comissão, que, pelo que conheço, a única coisa que conseguiu foi ficar visada pelos chefes, chegando até a serem intitulados "os cabeças da greve". Pelo que me consta, essa denominação era pra ser do Sindicato. Mas isso só foi o que não se viu: um sindicato comprometido.
 
Se pessoas tiveram que tomar a frente, para pegar um microfone, falar p tv e se expor dessa maneira estando muitos ainda em estágio probatório, é porque havia uma LACUNA. Ouve brecha. E se há brecha, há algo errado com a postura do Sindicato, que no meu entendimento, só agiu como agiu (e pra mim agiu pouco) porque foi pressionado. Principalmente pelos reecentemente concursados.
 
Ao falar hoje, Erivaldo maldou a boa intenção e coragem dos colegas. E isso é um absurdo!
 
Só espero que agora o Sindicato segure a onda só e consiga mobilizar todos novamente. Eu, particularmente, muitas vezes me expus, porque queria ver o movimento crescer com inteligência e ordem, e não com um monte de gritos. Participei de algumas reuniões da comissão e me mantive sempre informada porque confio mais neles, meus colegas, do que no sindicato.
 
O que falar dos araques?
E dos plantões ilegais de 48h?
E do risco de vida?
 
Por que o Sindicato que está à frente da categoria desde mil novecentos e guaraná com rolha não tomou providências antes? Só agora foi provocar o MP? Há quanto tempo isso acontece nas barbas de todos, e mesmo antes danossa entrada na PC?
 
Agora é cada um por si e Deus por todos.
 
 
Abraços,
Adryana.
*****************************************************************************************************************
Caros colegas,
Desde o princípio do movimento que eu venho lutando para conseguir as melhorias que são necessárias para a nossa polícia, pois acredito que, apesar de muitos estarmos pensando em sair para empregos melhores, faz-se importante uma grande transformação nela para uma melhor prestação de serviço para a comunidade.
Enfrentei a alta cúpula da secretaria, "dei a cara a tapa", tive que ouvir lorotas das mais diversas (isso "in loco", e não por terceiros), fui sugado pelo vácuo deixado pelo sindicato (que gosta muito de gritar e fazer pose, mas não sabe nada de organização e planejamento para greves), deixei minha vida de lado, dormi mal, me alimentei mal, fumei muito mais do que devia e voltei a sentir o meu velho problema de refluxo... enfim... enquanto isso muitos colegas "fizeram greve" em casa e depois me ligavam pedindo "novidades" e "explicações". Não me alcei como comissão, fui alçado nela, pois se diferente fosse tal comissão contaria com muito menos pessoas do que já tinha.
Hoje participei de um episódio lamentável na assembléia (valendo salientar que participei de todas, e quanto a você que me lê?), momento no qual o dito representante da classe disse que nós estávamos a serviço do governo, que estávamos fazendo coisas às escondidas, e tudo o mais... Dá para imaginar a minha sensação? Quando tudo o que eu fiz foi em prol da classe? Se tomei decisões erradas, me perdoem, não sou perfeito, e além do mais, não as tomei sozinho. Quem participou das assembléias as referendou. Quem não participou, as referendou também com o seu silêncio.
Depois ainda tenho que engolir de colegas as suspeitas de que, de fato, vou me transformar em chefe de cartório, ou fiz qualquer tipo de negociata com o governo. Só tenho a lamentar...
Hoje, durante a assembléia, teoricamente democrática, fui atacado, e por fim tive cerceado o meu direito de expressar o meu pensamento. Que raio de sindicato é esse que cerceia o direito de palavra? Que raio de classe é essa que fica levantando suspeitas contra aqueles que estão trabalhando em favor dela? Que tipo de movimento é esse que pretende melhorar a polícia se ele mesmo já surge baseado na desconfiança, no despreparo, na desorganização?
Desculpem o desabafo, desculpem se pareço derrotado, mas os últimos dias têm sido difíceis e, por que não dizer, ingratos!
Minha sugestão é a seguinte: Caso alguém que me lê acredita ser mais competente do que eu para gerir o movimento, negociar e nos levar às conquistas que pretendemos, SEJA BEM VINDO!!!! ASSUMA O POSTO!!! MOSTRE SUA CARA!!! Pois de toda forma, a partir de hoje, após ser silenciado pelo sindicato, que me resta fazer?
Se o sindicato acredita que sozinho pode levar o movimento à vitória, que assim seja. Tem o meu apoio e a minha solidariedade.
Àqueles que não me conhecem, faço o convite para me conhecer antes de tirar conclusões precipitadas.
João Neto
Escrivão (com orgulho)
8817 5134 - 3218 5250


Escrito por ASPOL/PB às 19h23
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




RANKING ATUAL DOS ESTADOS BRASILEIROS EM SALARIOS DAS POLICIAS CIVIS

REALIDADE SALARIAL ATUAL DOS ESTADOS BRASILEIROS

ESTADO SAL. INICIAL ESCOLARIDADE SITUAÇÃO

1º Distrito Federal R$ 6.200,00 3º grau Normal

2º Rio Grande do Norte R$ 2.500,13 3º grau Normal

3º Espirito Santo R$ 2.363,15 3º grau Normal

4º São Paulo R$ 1.880,00 2º grau Greve

5º Paraná R$ 1.676,00 3º grau Normal

6º Amazonas R$ 1.582,34 2º grau Normal

7º Tocantins R$ 1.475,00 2º grau Greve

8º Roraima R$ 1.438,36 2º grau Normal

9º Rondônia R$ 1.430,00 2º grau Sem Inform.

10º Rio de Janeiro R$ 1.426,78 2º grau Sem Inform.

11º Amapá R$ 1.375,00 3º grau Greve

12º Maranhão R$ 1.356,28 2º grau Normal

13º Minas Gerais R$ 1.353,90 2º grau Greve

14º Alagoas R$ 1.330,00 2º grau Normal

15º Ceará R$ 1.329,66 2º grau Sem Inform.

16º Bahia R$ 1.316,00 2º grau Normal

17º Piauí R$ 1.300,00 2º grau Greve

18º Pará R$ 1.296,00 2º grau Normal

19º Mato Grosso R$ 1.273,56 2º grau Greve

20º Pernambuco R$ 1.268,30 2º grau Greve

21º Paraiba R$ 1.266,39 2º grau Ind. Greve

22º Rio Grande do Sul R$ 1.247,42 3º grau Sem Inform.

23º Santa Catarina R$ 1.228,00 2º grau Greve

24º Acre R$ 1.196,00 2º grau Normal

25º Goiás R$ 1.157,06 2º grau Normal

26º Sergipe R$ 1.150,00 2º grau Greve

27º Mato Grosso do Sul R$ 1.038,32 2º grau Normal

Fontes: Editais dos Ultimos Concursos, Sead dos Estados e Sindicatos

ATUALIZADA EM 12/06/2007



Escrito por ASPOL/PB às 08h13
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




NUMEROS DA CONTRA PROPOSTA DO GOVERNO

PROPOSTA DO GOVERNO:
a) R$ 150,00 em duas parcelas (melhoramos os R$ 88,00 iniciais), mas é muito pouco, tal reajuste seria gradual até chegar no valor do risco de vida que nos foi tirado (R$ 231,00);
b) Compromisso do Secretário em continuar negociando... a partir de segunda feira, pois o mesmo viajou ontem...
c) Garantia de valorização dos Policiais de Carreira (é Delegacombr, tirar os DAI´s das Delegacias é importante mesmo, pois assim de forma indireta, o governo terá de valorizar o policial)...
d) Garantia de participação na Lei Orgânica, que está sendo elaborada pelo Del. Pol. Flávio Craveiros e que deve estar pronta até setembro;

LEMBRETES:

1) A partir de setembro, o piso nacional das polícias passa a ser de R$ 1600,00...
2) A nossa posição no ranking HOJE é 21º lugar e não 14º como o governo havia divulgado..

TODOS A ASSEMBLEIA DA CATEGORIA, POIS MAIS DO QUE NUNCA PRECISAMOS DE FORÇA.



Escrito por ASPOL/PB às 08h04
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




CONTRA PROPOSTA DO GOVERNO

Terminou agora há pouco a reunião na SEDS. A equipe econômica continua afirmando que não existe a possibilidade de dar um aumento maior e que o percentual seria o inicial de 7%. Porém, diante da insistência nossa, conseguimos uma outra proposta que será passada amanhã na assembléia geral da categoria. Deixamos claro que a decisão cabe a categoria e estaremos levando amanhão, inclusive com a projeção do reajuste proposto para a elevação no ranking dos salários do Brasil.
Pedimos que todos compareçam em massa a assembléia amanha, para decidirmos quais os rumos da negociação.
O Secretário Eitel Santiago ficou de tentar melhorar a proposta, na semana que vem, pois o mesmo estará viajando a Brasilia amanha pela manha.
AMANHA DISCUTIREMOS A PROPOSTA.

NOTICIAS BOAS:
1) De acordo com a Portaria 274/2007, OS SERVIDORES NÃO INTEGRANTES DO GRUPO GPC ESTÃO PROIBIDOS DE USAR JAQUETAS E QUAISQUER PARAMENTOS EXCLUSIVOS DOS POLICIAIS CIVIS, OU SEJA, NÃO PODEM MAIS FAZER SERVIÇO DE POLICIA.
2) Um oficio circular do Delegado Geral ordenou o recolhimento de TODAS AS ARMAS QUE POR VENTURA ESTEJAM EM POSSE DE SERVIDORES NÃO GPC. (CUMPRA-SE A LEI)

ISTO É UM PASSO IMPORTANTE PARA O FORTALECIMENTO DA CATEGORIA. A LUTA CONTINUA !!!



Escrito por ASPOL/PB às 21h37
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




SECRETARIO E EQUIPE ECONOMICA RECEBEM A COMISSÃO PARA NEGOCIAR AUMENTO SALARIAL

O Secretario Eitel Santiago, receberá às 15:30hs, na sede da SESDS, a comissão de negociação formada para discutir o aumento.
É muito provável que seja apresentada uma proposta que possa dar fim ao indicativo de greve, que está apenas suspenso por enquanto.

A equipe econômica do Governo deverá analisar a proposta que foi enviada e acatar ou lançar contra-proposta.

DIRETORIA DE IMPRENSA



Escrito por ASPOL/PB às 13h11
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




REUNIÃO CONFIRMADA

O Dr. Eitel Santiago, Secretário de Estado da Segurança e Defesa Social, receberá nesta segunda feira, dia 11/06/2007, em horário a ser confirmado, a comissão de negociação para ser estudada uma proposta e apresentada uma contra-proposta por parte do Governo, a qual deverá ser apreciada pela Assembléia Geral da categoria, a ser realizada em 13/06/2007.

A proposta equivalente a 50% do reajuste concedido aos Delegados, continua como sendo a alternativa para satisfazer a categoria. Além da questão salarial, está garantida a participação de representantes das diversas categorias na elaboração da proposta de Lei Orgânica da Policia Civil, que está sendo elaborada pelo Del. Pol. Flávio Craveiros. A referida proposta deve ser encaminhada até o mês de outubro.

Espera-se que o Governo encaminhe uma proposta digna para evitar nova paralisação das atividades. A comissão convida todos os colegas para aguardarem na frente da SEDS uma resposta.

Direto da Diretoria da ASPOL/PB



Escrito por ASPOL/PB às 11h07
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




GREVE SUSPENSA ATÉ O DIA 12

Os policiais civis do Estado da Paraíba decidiram atender o pedido de prazo do secretário de Segurança, Eitel Santiago, e suspenderam a greve até a próxima terça-feira, 12. “Vamos aguardar uma nova proposta do Governo e faremos nova assembléia no dia 13”, disse o presidente da Associação dos Policiais Civis da Paraíba - ASPOL/PB, Flávio Moreira.

Eitel solicitou um prazo para avaliar a possibilidade de apresentar uma nova proposta.

A categoria reivindica um reajuste salarial de 50%, equivalente a R$ 750, no entanto, o Governo oferece um aumento de 7% ou R$88, o que não satisfaz nem de longe os interesses dos policiais civis, conforme explicou Moreira. “Queremos o reajuste de R$750, parcelado em duas vezes”, completou.

As atividades serão retomadas amanhã em todos os municípios da Paraíba. “Todos os serviços de perícias, investigações, laudos e outros voltarão ao normal”, destacou.

A greve teve início no dia primeiro de junho, em meio à abertura do Maior São João do Mundo, em Campina Grande.


Escrito por ASPOL/PB às 19h08
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




REUNIÃO DO DIA 04/06/2007

O Secretário Eitel Santiago, recebeu representantes da ASPOL/PB - Associação dos Policiais Civis de Carreira da Paraiba e a Comissão que foi formada na ultima assembleia, ora denominada COMANDO DESCENTRALIZADO DE GREVE. O Sindicato foi convidado através de ofício da ASPOL, porém não enviou representantes, certamente por um motivo justo.
O Secretário reafirmou a sua posição de não mais negociar e solicitar a justiça a Ilegalidade da Greve e os participantes informaram que estarão firmes no propósito de continuar o movimento, porém a categoria encontra-se aberta a negociações.
O Secretario foi intransigente no sentido de que só estará negociando com a equipe economica após a SUSPENSÃO DA GREVE.
No entanto, o Secretario recebeu as planilhas de previsão de impacto no orçamento elaborada pela ASPOL e pelo CDG e comprometeu-se que irá lutar junto a equipe economica pelo aumento de R$ 750,00, o que foi proposto que fosse dividido em duas parcelas iguais, desde que seja suspensa a greve.
Foi oferecido ao Dr. Eitel que fosse proposta a suspensão da greve por 8 dias, decisão esta que SÓ PODE SER TOMADA PELA ASSEMBLEIA GERAL QUE É SOBERANA e ocorrerá as 15 horas do dia 06/06/2007, no SSPC.
As posições serão defendidas na Assembléia.
A LUTA CONTINUA !!! TODOS A ASSEMBLEIA !!!

Escrito por ASPOL/PB às 23h06
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




NOTA DA ASPOL GANHA DESTAQUE NA COLUNA HELDER MOURA

A nota distribuída a imprensa pela ASPOL, repercutiu de forma positiva na imprensa paraibana. Na ultima segunda feira, 23/04, o colunista HELDER MOURA destacou a referida nota, dando ênfase a problematica da evasão dos policiais civis aprovados no ultimo concurso. Diz ainda que se providencias não forem tomadas, a evasão continuará e não mais restarão aprovados do ultimo concurso. Ressalta a falta de condições de trabalho e estruturais das delegacias de policia do nosso Estado.

Escrito por ASPOL/PB às 17h44
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




DIA DO POLICIAL CIVIL



Neste 21 de abril, Dia do Policial, certamente gostariamos de ter mais motivos pra comemorar, mas o que temos é suficiente. A dedicação, o sacrifício, o amor a profissão que muitos tem a carreira policial civil, serve como parametro para que possamos cada dia mais, defender e proteger a sociedade.

Nossa Policia Civil da Paraíba é ainda um bebê se comparada a outras Instituições Policiais. Com apenas 26 anos de idade, a Policia Civil de Carreira da Paraíba, hoje vive um momento de luta pela valorização e conquista de melhores condições de trabalho nunca visto em sua história. O concurso realizado em 2003, aumentou significativamente o quantitativo de policiais, o que se refletiu em um salto inominável na qualidade dos serviços prestados. Ainda falta muito, mas com perseverança e paciência chegaremos lá.

Há pouco tempo atrás, a Polícia Federal não tinha a estrutura e confiança como tem hoje. Foi preciso que cortasse na própria carne, que se aumentasse os requisitos para o ingresso, que se despolitizasse a Instituição, e é preciso que a Policia Civil da Paraíba siga seu exemplo. Se existem maus policiais, são estes a minoria. A maioria é de homens de bem, valorosos e corajosos, que amam de verdade o que fazem e que por muitas vezes deixam de estar com suas famílias para dedicarem-se a este trabalho tão pouco reconhecido.
Podemos dizer, sem sombra de dúvida, que muitos dos que deixaram a PC/PB, companheiros deste último concurso, o fizeram por não encontrarem as condições de trabalho e remuneração que reconhecessem a importância de tal mister. Outros continuarão se indo, caso não sejam adotadas providencias no sentido de valorizar o policial. Neste DIA DO POLICIAL CIVIL, é este o presente que a ASPOL/PB, em nome de seus associados e de todos os que fazem a familia policial civil paraibana, pede as Autoridades competentes: VALORIZAÇÃO DO POLICIAL.

VALORIZAR O POLICIAL É O MELHOR INVESTIMENTO NA SEGURANÇA PÚBLICA.
FELIZ DIA DO POLICIAL !!!

Flavio Moreira
Presidente

Escrito por ASPOL/PB às 06h52
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




É MUITO ATREVIMENTO....

09/04/2007 - 07:02
Bando assalto Polícia Rodoviária Federal e leva Blazer e armas

Quatro homens fortemente armados tomaram por assalto uma Blazer da Polícia Rodoviária Federal na BR 226 que liga o município de Santa Cruz ao Rio Grande do Norte. Segundo as primeiras informações, dois policiais faziam uma fiscalização na BR quando, por volta das 13h do domingo, foram surpreendidos pelo grupo.

Foram levados além do carro da polícia dois coletes à prova de balas com caracterização da PRF, uma espingarda Carabina e duas pistolas Ponto 40. Os dois agentes foram deixados no local da abordagem e a Blazer, de placas JST-3712, foi descartada no município de Vasconcelos (RN).

A polícia ainda não tem pista do grupo.
************************************************************************************************************************
Extraído do Portal Correio

Escrito por ASPOL/PB às 07h30
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




DEMISSÕES NO DOE

05/04/2007 - 07:32
Diário Oficial publica demissão de 16 policiais civis
O Diário Oficial desta quinta-feira (5) publicou 16 demissões de delegados e agentes da Polícia Civil. A maioria deles foi demitido por "abandono do emprego" que é caracterizado pela falta não justificada por mais de 30 dias. Não foi informado se estes agentes e delegados fazem parte dos recém admitidos ou se já estavam no quadro há mais tempo.
Os servidores demitidos foram os delegados Francisco Romualdo Freire Fernandes, Tácio Ferreira de Morais, Valderi Bezerra de Oliveira e José Vandalberto de Carvalho; os agentes de investigação Franklin Rodrigues Santiago, Gilson Pereira de Almeida, João Batista da Silva, Hildeberto Gomes da Silva, José Aureliano Costa Neto.
Além dos agentes administrativos José Ailton de Freitas Lustosa, Rui Bezerra Dantas, José Heronides Vieira; os motoristas Givalci Ribeiro da Silva e Antonio Aércio Fernandes Bezerra além do auxiliar de perito Carlos Fabrício de Souza Santos e José de Assis Santana, auxiliar de serviço. Todos eram ligados à Secretaria de Segurança Pública.



Escrito por ASPOL/PB às 05h28
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




ASSALTO NO SERTÃO

02/04/2007 - 10:01
Vereador é levado como refém em assalto a agência dos Correios

A agência dos Correios de Triunfo, no Sertão paraibano, foi assaltada por volta das 9h desta segunda-feira (2) por quatro homens fortemente armados que estavam numa caminhonete Fiat Strada cinza de placas não identificadas. Três pessoas foram levadas como refém, entre elas o vereador conhecido como Ednaldo dos Correios (PSDB), gerente do estabelecimento, mas posteriormente liberadas no município de Poço de José de Moura.

Os assaltantes levaram da agência um malote contendo o dinheiro destinado ao pagamento dos aposentados de Triunfo. A quantia roubada ainda não foi revelada. Durante o assalto, os bandidos disparam diversos tiros que, embora não tenha atingido ninguém, causou pânico e correria da população. A polícia está em diligência para prender os acusados.

Kelyanne Carvalho
Com informações de Olivan Pereira, correspondente de Cajazeiras

Escrito por ASPOL/PB às 09h55
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Histórico
    Categorias
      Todas as Categorias
      Link
    Outros sites
      GRUPO DA ASPOL/PB - ARQUIVOS DIVERSOS
      FOTOS DAS ASPOL/PB
      ASPOL no Orkut
      Rede Infoseg
      Fórum dos Delegados do PCI Concursos
      Portal do Servidor Estadual
      Veja a Lei 73/2007 - Cria cargos na PC/PB
      Diario Oficial do Estado da Paraíba
      Jornal Correio da Paraíba
      SITE OFICIAL DA ASPOL
    Votação
      Dê uma nota para meu blog